Escritora

Quem escreve?
Karolina Sant' Anna, ou apenas Karol (você quem sabe).

Não consigo pensar em um ano sequer da minha vida que eu não tenha lido alguma coisa. Até mesmo quando eu não sabia ler. Me contaram que eu pegava um livrinho, sentava no sofá - os pés ainda no assento, balançando -, apoiava-o no colo e ficava vendo as figuras. Aí eu fui crescendo - meus pés ainda não tocavam o chão - e entendendo o que eram as histórias, até que aprendi a ler e escrever. E depois disso, só os livros existiam na minha vida.
Falaram que quando estava em algum lugar, em vez de correr com as crianças, eu sentava e ia ler. É engraçado pensar nisso.

Crianças correndo pelo lugar e uma pequena menina, com os cabelos loiros cacheados, sentada no canto com um livro na mão. As pessoas em volta, comentando e reclamando com a mãe, que não sabia o que dizer a não ser: "Ela é assim!"
- O que deu nessa garota? - dizia um.
- Tem algo de errado com ela! Não brinca com as outras crianças, apenas lê! - um outro comentava.

E era assim, sempre. Até hoje é.
Então eu comecei a escrever as minhas próprias histórias. No começo bobinhas, sobre contos de fadas, e sempre pequenas, apenas como hobby. Depois, elas foram crescendo, se tornando maiores, mais elaboradas e, numa explosão de idéia, um livro surgiu (que se Deus quiser vai ser publicado ainda esse ano) e eu não escrevia mais por hobby, mas para que pessoas pudessem ler e entrar no mundo que eu criei para me distrair.
 Assim, eu resolvi criar o blog A Caçadora da Terra das Sombras, que a história surgiu no meio da madrugada quando eu não conseguia dormir. E aqui estou, torcendo para que goste de lê-la tanto quanto eu gostei de escrevê-la.